A Microsoft desacelerou o Firefox por 5 anos devido a um bug no antivírus do Windows

Índice
  1. Um "bug" no Microsoft Defender estava causando lentidão no Mozilla Firefox, um dos navegadores mais usados ​​do mundo.
  2. Se você usa o Firefox no seu PC, atualize sua versão do Windows o mais rápido possível

Um "bug" no Microsoft Defender estava causando lentidão no Mozilla Firefox, um dos navegadores mais usados ​​do mundo.

você pode gostar 💪👉Pagar a conta em grupos ficará mais fácil com o novo Google Pay
A Microsoft desacelerou o Firefox por 5 anos devido a um bug no antivírus do Windows
O navegador Mozilla Firefox, um dos mais usados ​​no mundo

Se você possui um PC com Windows e usa o Mozilla Firefox, você provavelmente está sofrendo de problemas de desempenhoE você pode nem ter notado. Aparentemente, um bug presente no antivírus do Microsoft Defender por mais de cinco anos, afetou o desempenho do famoso navegador Mozilla, e foi somente em março de 2023 que os desenvolvedores resolveram o problema.

A falha estava relacionada a um Serviço executável do Microsoft Defenderque conforme confirmado no TechSpot, causou um consumo excessivo de recursos da CPU quando o navegador Mozilla Firefox estava em execução.

você pode gostar 💪👉Esta alternativa gratuita ao YouTube tem a melhor reprodução em tela inteira

Se você usa o Firefox no seu PC, atualize sua versão do Windows o mais rápido possível

Foi há mais de cinco anos quando o bug foi relatado pela primeira vez. Nos registros originais, foi explicado que o serviço "Antimalware Service Executable" presente no Windows estava causando um alto consumo de recursos da CPU (próximo a 30%, em alguns casos), quando o navegador Firefox estava em execução.

Não foi até o mês de março que os próprios desenvolvedores do Mozilla Firefox encontraram a origem do problema. Aparentemente, um dos serviços do Microsoft Defender estava executando um grande número de "tarefas de cálculo inúteis" toda vez que o Firefox era iniciado.

Quando isso aconteceu, os usuários estavam enfrentando lentidão, tempos de carregamento excessivos e outros problemas ao navegar com o Firefox. Felizmente, os desenvolvedores do navegador e os desenvolvedores do Microsoft Defender trabalharam em uníssono com o objetivo de consertar o bug.

você pode gostar 💪👉52 aplicativos gratuitos que costumavam ser pagos: execute antes de irem

As Melhorias no desempenho do navegador são perceptíveise tanto a Microsoft quanto a Mozilla concordam que O uso da CPU foi reduzido em até 75% graças ao patch Aqueles com um PC com Windows 7, Windows 8.1, Windows 10 ou Windows 11 devem versão de atualização do Microsoft Defender através do Windows Update para experimentar as alterações. Também é uma boa ideia atualizar para a versão mais recente do Mozilla Firefox, que recentemente obteve uma segurança ainda melhor.

você pode gostar 💪👉um jogo de quebra-cabeça com muita magia