este é o sensor do Samsung Galaxy S21 Ultra

Ontem o novo Galaxy S21 foi apresentado na íntegra, o primeiro high-end que a Samsung lançará na Espanha este ano. O Galaxy S21 Ultra é o modelo top nesta gama, o que nos deixa com uma série de novidades importantes, como o suporte para a S Pen, além de um novo sensor de câmera de 108 Mpx.

O sensor usado pela marca neste Galaxy S21 é o novo Samsung ISOCELL HM3. É um sensor que introduz uma série de melhorias a vários níveis, como ISO ou foco automático, melhorando assim o sensor utilizado no ano passado e tornando-o um dos pontos fortes deste dispositivo.

você pode gostar 💪👉Os novos celulares Samsung virão sem carregador ou fones de ouvido

Este é o sensor do Galaxy S21 Ultra

Samsung ISOCELL HM3

você pode gostar 💪👉É assim que a câmera do Galaxy S evoluiu desde 2010

Este novo Samsung ISOCELL HM3 é um sensor de 0,8 micrómetros e com uma dimensão de 1 / 1,33 ″, que são figuras muito semelhantes ao sensor usado na geração anterior de telefones. Também faz uso do não binning, o agrupamento de nove pixels em um, de modo que fotos de 12 Mpx são obtidas quando não estamos gravando em resolução total com este Galaxy S21 Ultra.

Claro, a Samsung fez melhorias neste sensor, como uma maior faixa dinâmica, foco mais rápido e a capacidade de capturar imagens mais nítidas o tempo todo. Essas são melhorias importantes, porque o sensor usado no S20 Ultra encontrou certos problemas, principalmente foco.

A Samsung busca evitar novos problemas de foco, portanto, o sensor deste Galaxy S21 Ultra chega com Super PD Plus. É uma nova função responsável por melhorar o foco de detecção de fase (PDAF), adicionando microlentes otimizadas para esse foco automático. Além disso, o sensor também vem com melhorias em seu ISO, pois fará com que os frames atuem da mesma forma que com HDR, ou seja, combinando frames com mais ISO e com menos ISO, para obter uma imagem final que tenha menos barulho.

ISOCELL HM3 Samsung Galaxy S21 Ultra

você pode gostar 💪👉ASUS ROG Phone 4 aparece em vídeo ... com duas telas!

A Samsung também nos deixa com um sensor redesenhado, vai consumir menos energia, cerca de 6,5% menos, portanto, este Galaxy S21 Ultra também deve ter um consumo de energia um pouco menor em todos os momentos. Resta saber se este sensor está à altura da tarefa e os problemas do S20 Ultra do ano passado serão superados.

Testamos o Samsung Galaxy S21

Análise Xiaomi Redmi Note 9T

5 + 1 celulares Android com menos de 300 euros para oferecer

você pode gostar 💪👉Pagar a conta em grupos ficará mais fácil com o novo Google Pay

Análise do Android 11 em celulares Vivo

A realidade dos celulares de gama média de 800 euros

vivo X51 5G: excelente câmera

Análise do OnePlus Nord N10 5G

você pode gostar 💪👉um jogo de quebra-cabeça com muita magia

Análise Huawei Mate 40 Pro

Análise do Samsung Galaxy S20 FE

você pode gostar 💪👉Esta alternativa gratuita ao YouTube tem a melhor reprodução em tela inteira