O WhatsApp tem colhido turbilhão desde que lançou seu novos termos de serviço, que dá à empresa controladora Facebook mais controle sobre os dados do usuário. Enquanto alguns usuários não se incomodam tanto, outros definitivamente não parecem confortáveis ​​com o ultimato aceite ou morra oferecido pelo WhatsApp. Consequentemente, o Signal - um aplicativo de mensagens alternativo e mais seguro - ganhou uma força incrível nos últimos dias, colocando-se no topo das paradas tanto na Google Play Store quanto na Apple App Store em vários países.

você pode gostar 💪👉O Black Shark 4 estará totalmente carregado em 15 minutos

No momento em que este artigo foi escrito, Signal ocupava a posição de número um na Play Store nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Líbano e França, entre outros. Em outros países, como Índia, Brasil e Cingapura, o serviço de mensagens encontra um lugar entre os três primeiros.

O aumento na popularidade do aplicativo pode ser atribuído a um empurrão de defensores da privacidade em todo o mundo, que estão preocupados com os recentes desenvolvimentos no WhatsApp. O Signal é criptografado de ponta a ponta e seu software de criptografia é de código aberto, o que inspira mais confiança, pois é amplamente revisado por pares em busca de bugs, falhas e vulnerabilidades. Ao contrário dos serviços concorrentes, também não coleta metadados que pode ser vinculado aos usuários.

você pode gostar 💪👉Novo Vivo Y51 e Y51A: características, preços ...

Um dos maiores incentivos para usar o aplicativo de mensagens veio do homem mais rico do mundo, Elon Musk. Curiosamente, seu impulso para o serviço não apenas aparentemente causou um atraso na entrega dos códigos de verificação mas também um estoque não relacionado a subir mais de 1.100%.

Resta saber se o Signal consegue reter o êxodo de usuários que vem sendo desencadeado pela mudança do WhatsApp em termos de serviços.

Signal Private Messenger
Signal Private Messenger