Qual é a melhor alternativa ao WhatsApp com foco na privacidade?

A recente atualização da política do WhatsApp se transformou em uma caixa de Pandora para a empresa controladora do aplicativo, o Facebook. O êxodo resultante para plataformas rivais enviou ondas de choque tão fortes que a empresa sentiu a necessidade de executar anúncios completos de primeira página em vários jornais indianos para fazer seu caso. Enquanto o Facebook estava ocupado fazendo alguns controle de dano, Telegram e Signal podem se beneficiar de usuários insatisfeitos reunindo-se em massa para seus aplicativos. Telegram emergiu como o maior vencedor dos dois, tendo somado 25 milhões de usuários em apenas três dias (ultrapassando a marca de 500 milhões de usuários ativos no processo). Embora o Telegram seja uma plataforma atraente para se estar, com todos os seus recursos, como você pode ter certeza de que ele está protegendo sua privacidade melhor do que o WhatsApp?

você pode gostar 💪👉O ANC em brotos sem fio verdadeiros de US $ 60 é bom demais para ser verdade?

Um recurso que funciona a favor do WhatsApp é a criptografia ponta a ponta (E2EE) em bate-papos pessoais, que evita que tanto o WhatsApp quanto o Facebook (ou qualquer outra parte) espionem suas mensagens. Infelizmente, no Telegram, o E2EE não está habilitado por padrão e só é oferecido quando você muda para chats secretos. Isso tem o potencial de representar uma barreira para aqueles que não estão tecnicamente inclinados a mexer com esse tipo de opções. Os fabricantes de aplicativos argumentar que permite backups de bate-papo muito mais fáceis para a nuvem e permite vários recursos de conectividade e compartilhamento, o que de fato não será possível com o E2EE instalado.

O Signal é administrado por uma organização sem fins lucrativos que sobrevive de doações de usuários e outros benfeitores, em vez de monetizar seus dados.

você pode gostar 💪👉25 of the best apps and games currently available on the service

Outro ponto de apreensão é que o Telegram recentemente anunciado seu modelo de receita, que envolve a veiculação de anúncios em grandes canais. Embora o Telegram tenha deixado bem claro que os anúncios serão amigáveis ​​ao usuário e respeitarão sua privacidade, está ficando cada vez mais difícil confiar em tais promessas depois de testemunhar várias empresas retrocederem em suas palavras. Embora a geração de receita seja absolutamente necessária para sustentar uma plataforma que hospeda centenas de milhões de usuários, esses novos planos abrem a porta para a possibilidade de os anúncios se espalharem para outras seções do aplicativo ao longo do tempo.

Problemas como esses levaram vários defensores da privacidade, incluindo alguns notáveis ​​como Edward Snowden (e mais recentemente Elon Musk), para sugerir o uso de Signal. A reivindicação da Signal à fama é sua abordagem de privacidade em primeiro lugar, que inclui o código aberto e habilitando E2EE por padrão. Na verdade, a Signal desenvolveu o protocolo de criptografia que o WhatsApp usa. Outra coisa que ajuda é o fato de o Signal ser administrado por uma organização sem fins lucrativos que sobrevive de doações de usuários e outros benfeitores, em vez de monetizar seus dados. Ainda assim, o serviço tem seus limites, como a necessidade de se inscrever com um número de telefone (ao invés de algo como um nome de usuário ou endereço de e-mail).

você pode gostar 💪👉Shazam agora permite que você ouça músicas identificadas no YouTube Music

Signal, Telegram e WhatsApp declarando na Apple App Store quais dados eles coletam (via: WSJ)

você pode gostar 💪👉Pagar a conta em grupos ficará mais fácil com o novo Google Pay

O que aumenta o fator de confiança é que o Telegram não pertence e nem é operado por uma empresa como o Facebook.

Dito isso, o Signal não coleta tantos dados sobre você quanto o WhatsApp. O aplicativo não registra seu endereço IP e quaisquer pequenos metadados que ele coleta também são criptografados. isto frequentemente se orgulha de uma instância de 2016 quando foi intimado a liberar qualquer informação que tivesse sobre um determinado número, e tudo o que poderia entregar era a data de criação da conta e o último login - é isso.

você pode gostar 💪👉um jogo de quebra-cabeça com muita magia

Para ser justo, o Telegram e seus criadores provaram repetidas vezes seu valor ao falar sobre a privacidade do usuário, protegendo as identidades dos usuários durante os megaprotestos de Hong Kong, e até mesmo resistindo ao FBI quando ele aparentemente queria uma porta dos fundos para o Telegram. Em nenhum momento no passado foi comprovado que a empresa está espionando os dados de seus usuários, e ela afirma claramente que também não tem essa intenção. O que aumenta o fator de confiança é que o Telegram não é operado por uma empresa como o Facebook, que tem uma reputação de ser obscura e de moralidade questionável.

Mas essa sensação de segurança não é apenas por que as pessoas tendem a usar o Telegram. Ele também hospeda mais usuários em sua plataforma - quase 10 vezes mais do que o Signal - então é mais fácil encontrar seus amigos e familiares no Telegram. Para um aplicativo de comunicação, isso já é uma grande vitória. Além disso, oferece um conjunto robusto de recursos de comunidade que até mesmo o WhatsApp não consegue igualar em muitos casos. Enquanto isso, o Signal está tentando recuperar o atraso e, recentemente, se preparando para apresentar mais recursos em demanda, e isso só vai ficar melhor a partir daqui.

você pode gostar 💪👉Esta alternativa gratuita ao YouTube tem a melhor reprodução em tela inteira

Apesar de todas as opções disponíveis e do drama de alta octanagem, o WhatsApp com dois bilhões de usuários não vai morrer tão facilmente.

Apesar de todas as opções disponíveis e do drama de alta octanagem, o WhatsApp com dois bilhões de usuários não vai morrer tão facilmente. Como cofundador da Signal (e do WhatsApp), Brian Acton aponta, é mais provável que as pessoas agora distribuam suas comunicações por dois ou mais aplicativos (possivelmente Telegram ou Signal) em conjunto com o WhatsApp. Para quem teme que o app possa ler suas mensagens, o Signal - e até mesmo o WhatsApp - é uma opção melhor do que o Telegram, mas se você quiser apenas ficar longe das garras do Facebook, tanto o Signal quanto o Telegram parecem ser casos fortes.

Todo este episódio diz muito sobre a falta geral de confiança no Facebook e, por extensão, em qualquer um de seus associados. Mais importante, serve como uma forte evidência de que as pessoas não estão mais prontas para tolerar práticas de negócios ruins, mesmo que isso signifique mudar toda a sua vida social para outra plataforma. É também um alerta para todos fora da UE que todos nós precisamos de leis de privacidade muito mais rígidas para evitar que essas empresas ignóbeis empurrem sua vontade goela abaixo.